Gráfico 48 – Percentual dos motivos pelos quais as entrevistadas tiveram problema com a polícia

 

Dentre as 73 entrevistadas que relataram já ter tido problemas com a polícia, os motivos apresentados foram:

 

  • De 72 entrevistadas, 43% (31) afirmaram que tiveram problemas com a polícia por conta da prostituição;
  • De 71 entrevistadas, 35,2% (25) mencionaram que tiveram problemas com a polícia por causa das vestimentas;
  • De 71 entrevistadas, 31,0% (22) disseram que tiveram problemas com a polícia sem motivo algum;
  • De 71 entrevistadas, 29,6% (21) afirmaram que tiveram problemas com a polícia devido a brigas;
  • De 71 entrevistadas, 24,0% (17) disseram que tiveram problemas com a polícia por conta de problemas com clientes;
  • De 71 entrevistadas, 15,5% (11) relataram que tiveram problemas com a polícia por conta de roubo/assalto;
  • De 71 entrevistadas, 11,2% (8) mencionaram que tiveram problemas com a polícia por falta de documentação;
  • De 71 entrevistadas, 7,0% (5) disseram que tiveram problemas com a polícia devido a barulho;
  • De 71 entrevistadas, 5,7% (4) relataram que tiveram problemas com a polícia devido ao uso de drogas;

 

Dentre os motivos listados acima, vale ressaltar que além da prostituição ter sido o motivo mais citado entre as entrevistadas, as vestimentas e problemas com clientes também são motivos que se referem ao contexto da prostituição. 

 

Outros motivos pelos quais as entrevistadas tiveram problema com a polícia: 2 relataram estupro por cliente policial; 2 devido à agressão homofóbica da polícia; 2 por conta da abordagem; 2 devido à reclamação dos vizinhos por causa da prostituição; 1 porque o policial se recusou a falar seu nome civil; 1 por abuso de poder; 1 devido a assalto feito por uma colega; 1 por porte de arma branca; 1 por estar na companhia de um grupo que fazia apostas em um bar; 1 por ter emprestado documento a outra travesti que se meteu em problema; 1 devido a um homicídio e 1 por conta do uso do banheiro feminino. 

 

 
 

sobre-violencia

 

                                                                                Realização

   Núcleo de Direitos Humanos e Cidadania LGBT (NUH/UFMG)

Telefone: (31) 3409-6287

Endereço: Sala 2003 Fafich,

Universidade Federal de Minas Gerais

Av. Antônio Carlos, 6.627, Pampulha,

Belo Horizonte /MG, CEP : 31270-901 

 Facebook     Youtube